Porto de Antuérpia carece de mais capacidade para contentores

Porto de Antuérpia

O CEO da Autoridade do Porto de Antuérpia (APA), Jacques Vandermeiren, admitiu que aquele porto belga tem uma “necessidade crescente de capacidade adicional para contentores”, comprovada pelo cada vez maior volume de contentores no porto. De acordo com dados da APA, o porto de Antuérpia, um dos principais da Europa, movimentou 111.385.518 toneladas de carga no 1º semestre deste ano, mais 2,8% do que em igual período do ano anterior.

A APA informou ainda que o movimento de contentores aumentou 2,5% em tonelagem, para 61.288.264 toneladas, e 1,9% em TEU no 1º semestre face ao período homólogo de 2016, números que “inspiram confiança”, nas palavras de Jacques Vandermeiren. A carga ro-ro registou um forte crescimento neste período, para 2,5 milhões e toneladas (+ 9,2% do que no mesmo período de 2016) e o número de veículos automóveis atingiu as 651.363 unidades (+ 5% do que no 1º semestre de 2016).

O movimento de carga fraccionada convencional também aumentou, para 5.374.692 toneladas, (+13% do que no mesmo período de 2016), e o movimento de granéis líquidos cresceu para 36.043.593 toneladas (+ 1.8% do que no 1ºsemestre do ano anterior). Segundo a APA, o crude e os produtos químicos também registaram crescimento face ao 1º semestre do ano anterior – 34% e 1%, respectivamente. Já os derivados do petróleo caíram 0,5%. Os granéis sólidos, por sua vez, aumentaram 1,1% no mesmo período face ao mesmo semestre de 2016.

A APA refere também que o número de navios a escalarem o porto atingiu os 7.137 neste semestre, menos 1,4% do que no período homólogo de 2016, com uma tonelagem bruta correspondente a 205.259.923 GT (gross tonnage), mais 3,2% do que no 1º semestre de 2016.

Fonte: Jornal da Economia do Mar